O novo primeiro-ministro Tony Abbott festejava a vitória nas eleições australianas, na companhia da mulher e das três filhas quando uma sexta pessoa se juntou à comemoração.

Um estranho subiu ao palco sem qualquer impedimento, cumprimentou o 28º chefe de Estado do país, sorriu para o público e posou com a família.

E tudo aconteceu em direto.

Só depois de fazer o que quis, e perante a estranheza do primeiro-ministro, é que foi forçado a sair do palco. A segurança aproveitou o momento em que o intruso, de seu nome Twiggy Palmcock, segundo a imprensa local, se posicionou atrás da família para o derrubar e tirar dali.

O conservador Tony Abbot venceu as eleições deste fim de semana, colocando um ponto final nos seis anos de Governo trabalhista.