logotipo tvi24

Tiroteio em escola é «tragédia nacional», diz Sarkozy

Presidente francês prometeu descobrir o criminoso e decretou um minuto de silêncio terça-feira em todas as escolas

Por: Redacção / PP    |   2012-03-19 12:51

O Presidente francês, Nicolas Sarkozy, declarou esta segunda-feira como «tragédia nacional» o ataque armado a uma escola judaica da cidade de Toulouse, no Sudoeste do país, onde quatro pessoas morreram, e prometeu descobrir o criminoso.

«Será feito absolutamente tudo para encontrar o assassino», disse Nicolas Sarkozy, durante uma visita à escola, onde decretou um minuto de silêncio, na terça-feira, em todas as escolas francesas e onde prometeu que o ministro do Interior, Claude Guéant, permanecerá na cidade o tempo que for necessário.

«São as nossas crianças. Não são só as vossas crianças, são também as nossas», disse o Presidente.

Partilhar
FOTOGALERIA:
Tiroteio em escola judaica de Toulouse fez quatro mortos

Tiroteio em escola judaica de Toulouse fez quatro mortos (Jean Philippe Arles/Reuters) EM CIMA: Tiroteio em escola judaica de Toulouse fez quatro mortos (Jean Philippe Arles/Reuters)

EUA: portuguesa encontrada morta dentro do próprio carro
Jovem de 32 anos vivia no automóvel e tinha quatro trabalhos diferentes
Jihadistas mataram 170 soldados sírios
Ataque aconteceu na base aérea de Tabqa. Imagens foram divulgadas nas redes sociais
FMI não comenta investigação à presidente Lagarde
Christine Lagarde foi indiciada por negligência num, caso que remonta a 2008
EM MANCHETE
«Com este Governo, todo o cuidado é pouco»
Seguro diz que não espera surpresas no Orçamento Retificativo que será apresentado na quinta-feira
Previsão do desemprego desce para 14,7%
Denúncia de mortes no Santa Cruz «não tem fundamento»