logotipo tvi24

Tiroteio em escola é «tragédia nacional», diz Sarkozy

Presidente francês prometeu descobrir o criminoso e decretou um minuto de silêncio terça-feira em todas as escolas

Por: Redacção / PP    |   2012-03-19 12:51

O Presidente francês, Nicolas Sarkozy, declarou esta segunda-feira como «tragédia nacional» o ataque armado a uma escola judaica da cidade de Toulouse, no Sudoeste do país, onde quatro pessoas morreram, e prometeu descobrir o criminoso.

«Será feito absolutamente tudo para encontrar o assassino», disse Nicolas Sarkozy, durante uma visita à escola, onde decretou um minuto de silêncio, na terça-feira, em todas as escolas francesas e onde prometeu que o ministro do Interior, Claude Guéant, permanecerá na cidade o tempo que for necessário.

«São as nossas crianças. Não são só as vossas crianças, são também as nossas», disse o Presidente.

Partilhar
FOTOGALERIA:
Tiroteio em escola judaica de Toulouse fez quatro mortos

Tiroteio em escola judaica de Toulouse fez quatro mortos (Jean Philippe Arles/Reuters) EM CIMA: Tiroteio em escola judaica de Toulouse fez quatro mortos (Jean Philippe Arles/Reuters)

Ucrânia: Obama acusa Rússia e diz que «haverá consequências»
Presidente norte-americano deixa aviso em visita ao Japão
Paquistão: dez rebeldes mortos em bombardeamento, diz exército
No conflituoso vale de Tirah
Síria: resolução da ONU «violada», ajuda humanitária não melhorou
Acesso da ajuda humanitária na Síria sem melhorias, diz ONU
EM MANCHETE
Queda de muro mata três estudantes
Braga: universitários eram todos caloiros. No momento do acidente, jovens estariam envolvidos numa «guerra de cursos». Feridos já tiveram alta hospitalar
Execução orçamental: défice cai, mas despesa aumenta
Passos quer «fazer a função pública respirar»