logotipo tvi24

Tiroteio em escola é «tragédia nacional», diz Sarkozy

Presidente francês prometeu descobrir o criminoso e decretou um minuto de silêncio terça-feira em todas as escolas

Por: Redacção / PP    |   2012-03-19 12:51

O Presidente francês, Nicolas Sarkozy, declarou esta segunda-feira como «tragédia nacional» o ataque armado a uma escola judaica da cidade de Toulouse, no Sudoeste do país, onde quatro pessoas morreram, e prometeu descobrir o criminoso.

«Será feito absolutamente tudo para encontrar o assassino», disse Nicolas Sarkozy, durante uma visita à escola, onde decretou um minuto de silêncio, na terça-feira, em todas as escolas francesas e onde prometeu que o ministro do Interior, Claude Guéant, permanecerá na cidade o tempo que for necessário.

«São as nossas crianças. Não são só as vossas crianças, são também as nossas», disse o Presidente.

Partilhar
FOTOGALERIA:
Tiroteio em escola judaica de Toulouse fez quatro mortos

Tiroteio em escola judaica de Toulouse fez quatro mortos (Jean Philippe Arles/Reuters) EM CIMA: Tiroteio em escola judaica de Toulouse fez quatro mortos (Jean Philippe Arles/Reuters)

Irão compromete-se com acordo sobre programa nuclear
Ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano esteve em conversações com a alta representante da União Europeia para os Negócios Estrangeiros
Acessórios das pulseiras de elásticos com material cancerígeno
Cadeia de lojas britânica reagiu de imediato às análises laboratoriais que detetaram ftalatos numa dose superior à permitida por lei e retiraram os produtos do mercado
ONU vai enviar equipa para investigar crimes do Estado Islâmico
Merkel vai enviar armas para os combatentes curdos no Iraque
EM MANCHETE
PGR explica equipa especial para investigar o caso BES
Joana Marques Vidal afirmou ser necessário ter uma «visão integrada e adequada» do processo
Governo deixa cair aumento da TSU e do IVA para 2015
Goldman Sachs emprestou 636 milhões ao BES