logotipo tvi24

Tiroteio em escola é «tragédia nacional», diz Sarkozy

Presidente francês prometeu descobrir o criminoso e decretou um minuto de silêncio terça-feira em todas as escolas

Por: Redacção / PP    |   2012-03-19 12:51

O Presidente francês, Nicolas Sarkozy, declarou esta segunda-feira como «tragédia nacional» o ataque armado a uma escola judaica da cidade de Toulouse, no Sudoeste do país, onde quatro pessoas morreram, e prometeu descobrir o criminoso.

«Será feito absolutamente tudo para encontrar o assassino», disse Nicolas Sarkozy, durante uma visita à escola, onde decretou um minuto de silêncio, na terça-feira, em todas as escolas francesas e onde prometeu que o ministro do Interior, Claude Guéant, permanecerá na cidade o tempo que for necessário.

«São as nossas crianças. Não são só as vossas crianças, são também as nossas», disse o Presidente.

Partilhar
FOTOGALERIA:
Tiroteio em escola judaica de Toulouse fez quatro mortos

Tiroteio em escola judaica de Toulouse fez quatro mortos (Jean Philippe Arles/Reuters) EM CIMA: Tiroteio em escola judaica de Toulouse fez quatro mortos (Jean Philippe Arles/Reuters)

Venezuela investiga 183 denúncias de homicídio e maus-tratos a manifestantes
Crimes terão acontecido durante as manifestações anti-governamentais que decorrem desde fevereiro
MH17: separatistas terão abatido o avião «por engano»
Analistas dos serviços de inteligência dos EUA não conseguem encontrar intervenção direta do governo russo
Encontrado segundo homem esquartejado em Caracas
Primeiro homicídio do género foi o de um comerciante português
EM MANCHETE
Professores têm de justificar falta à prova
Só assim evitarão ser «prejudicados» no próximo concurso, esclareceu o ministro Nuno Crato
«Crato conseguiu vitória com truque bastante ordinário»
RioForte avança com pedido de falência no Luxemburgo