Um soldado britânico matou seis talibãs com uma única bala, no Afeganistão, ao atingir o detonador de um colete suicida que um dos rebeldes estava a usar.

O sniper de 20 anos, não identificado, atingiu o alvo a 850 metros de distância, matando o bombista suicida e cinco outros que estavam próximos.

O episódio aconteceu em dezembro em Kakaran, no sul do Afeganistão, mas as informações só foram divulgadas esta terça-feira.

Segundo soube o «Telegraph», o sniper impediu um ataque suicida de grande escala, uma vez que um segundo engenho explosivo com cerca de 20kg foi encontrado nas proximidades.

«[O talibã] estava a usar um colete, (...) ele estava a colocar-se numa posição de ataque. O sniper disparou e ele explodiu. Houve uma pausa nas comunicações por rádio e o sniper disse: "Acho que alvejei um bombista suicida". Os restantes foram mortos na explosão», contou o tenente-coronel Richard Slack ao jornal inglês.

O mesmo sniper já tinha morto um outro talibã, que operava uma metralhadora, durante a sua primeira missão, com um tiro certeiro disparado a cerca de 1340 metros.