Milhares de pessoas, incluindo as principais figuras do Estado de Timor-Leste, acompanharam esta segunda-feira na catedral de Díli as exéquias do antigo bispo de Díli Alberto Ricardo da Silva.

A cerimónia foi celebrada por três bispos – Basílio do Nascimento (Baucau) e administrador apostólico de Díli, Norberto Amaral, bispo de Maliana e o bispo de Darwin, Eugene Hurley.

Cerca de duas centenas de padres reuniram-se na missa que foi transmitida em direto pela rádio e televisão nacionais de Timor-Leste, com milhares a acompanharem no exterior da catedral através de ecrãs gigantes ali colocados, como noticia a Lusa.

 Alberto Ricardo da Silva, morreu no dia 2 de abril no hospital nacional Guido Valadares, onde estava hospitalizado há várias semanas.

O bispo, que sofria de doença prolongada e tinha resignado ao cargo no início deste ano, morreu no hospital cerca das 21:00 locais (13:00 em Lisboa), onde estava hospitalizado desde 22 de março. 

Alberto Ricardo da Silva, 71 anos, resignou do cargo no início do ano devido a problemas de saúde e em 2014 tinha estado em tratamento na Austrália devido a uma neoplastia cerebral.