A Índia realizou esta sexta-feira um teste militar de intercepção de mísseis, no estado do Rajastão, perto da fronteira com o Paquistão.

De acordo com o jornal «El País», o míssil interceptor alcançou uma altitude de 120 quilómetros, antes de atingir com sucesso o alvo a 75 quilómetros de altura.

O projéctil foi desenhado para servir de defesa a eventuais ataques com origem no Paquistão e na China.

Estes mísseis de médio alcance deverão entrar ao serviço das forças armadas indianas em 2012 ou 2013.

Em 2006 e em 2007, a Índia realizou testes semelhantes, mas com os objectivos a serem destruídos a menores altitudes. No primeiro caso o alvo foi interceptado a 46 quilómetros e no segundo a 15.

Os testes realizados esta sexta-feira são os segundos no prazo de uma semana. Na quarta-feira, as forças indianas testaram com êxito um míssil supersónico Brahmos no deserto do Rajastão. Este projéctil é de fabrico russo-indiano.