Um rapaz paquistanês de 12 anos provocou a intervenção das unidades antiterroristas da Guardia Civil e da polícia autonómica da Catalunha no Porto de Barcelona, ao posar com quatro adultos enquanto empunhava uma réplica de arma.

O caso passou-se a 6 julho, mas foi noticiado apenas esta terça-feira pelo jornal catalão La Vanguardia.

A Guardia Civil confirmou esta teraç-feira que os quatro adultos estavam a fotografar o rapaz enquanto este empunhava a arma a fingir, fazia o sinal de vitória com os dedos ou simulava disparar contra os helicópteros turísticos que levantavam do porto de Barcelona.

Uma pessoa que presenciava a cena alertou as autoridades, o que levou a Guardia Civil e a polícia autonómica da Catalunha, os Mossos d"Esquadra, a intervir no porto de Barcelona, identificando os quatro adultos e o rapaz.

De acordo com o La Vanguardia, as autoridades também asseguraram que as imagens captadas não seriam utilizadas em vídeos de propaganda do grupo terrorista Estado Islâmico