Doze pessoas foram detidas esta noite em vários pontos da região de Paris numa operação policial relacionada com os atentados da semana passada, que começaram com o ataque ao jornal satírico «Charlie Hebdo», segundo o «Le Monde».

As detenções na periferia da capital francesa foram realizadas pelo corpo de operações especiais da polícia, RAID.

O jornal francês refere que se tratam de nove homens e três mulheres suspeitos de envolvimento nos ataques, nomeadamente através do fornecimento de armas e veículos aos terroristas.

Já esta manhã, as autoridades francesas estarão a realizar buscas em várias regiões de Paris, como Montrouge, onde aconteceu o tiroteio que matou uma polícia e em Grigny, onde cresceu um dos terroristas dos atentados, Amedy Coulibaly. 

As detenções na periferia da capital francesa foram realizadas pelo corpo de operações especiais da polícia, RAID, precisou a estação de rádio.