As autoridades malaias informaram ter detido 17 pessoas, incluindo duas recém-chegadas da Síria, por terem alegadamente planeado ataques terroristas em Kuala Lumpur.

O inspetor-geral da polícia, Khalid Abu Bakar, saudou, através de uma mensagem publicada na sua conta na rede social Twitter, as forças antiterroristas pelo trabalho levado a cabo, revela a Lusa.

As autoridades não facultaram mais dados sobre as detenções.