O exército sírio acusou, este sábado, a Turquia de estar a aumentar o envio de armas, munições e equipamentos para os grupos rebeldes, que o Governo sírio apelida de “terroristas”.

Segundo a agência Reuters, que cita comunicado das forças armadas sírias, a Turquia é acusada de fornecer os equipamentos em missões de alegada ajuda humanitária.

O mesmo comunicado garante que os turcos dispararam uma série de ataques contra o exército sírio na sexta-feira à noite.