As autoridades da Austrália elevaram esta terça-feira para «alto» o nível de alerta por possível ataque terrorista contra a polícia, quatro meses depois de o fazer para todo o país, após atentados em Sydney, França e Canadá.

A Polícia Federal Australiana justificou a medida com base em «informações de Inteligência e conversações com os parceiros».

«Os recentes eventos em França, Canadá e Austrália são uma dura lembrança sobre os riscos associados à vigilância», indicou o corpo policial em comunicado.

As autoridades também alertaram para o «aumento do número de australianos ligados ou inspirados por grupos terroristas como Estado Islâmico e com a intenção ou capacidade de realizar um ataque contra a polícia».