O Serviço Geológico dos Estados Unidos, que monitoriza a atividade sísmica em todo o mundo, registou um sismo de magnitude 7,2 no Pacífico Sul, a 16 quilómetros de profundidade e a 108 quilómetros a este da Nova Caledónia.

Inicialmente, o Centro de Alerta de Tsunami no Pacífico, instalado no Havai (EUA), emitiu um alerta de possibilidade de 'tsunami' para Vanuatu, Nova Caledónia e Fiji, por causa do sismo, mas que entretanto retirou.

Segundo o centro, já não há qualquer "ameaça de 'tsunami'" na região.

Não há registo de quaisquer danos ou vítimas provocadas pelo sismo.

Segundo o The Guardian, foi registada uma réplica de magnitude 5.4 após o sismo.