A terra tremeu esta terça-feira na Grécia. O serviço geológico dos EUA registou um sismo de magnitude 6,7 na escala de Richter, na costa oeste do país, mais precisamente no mar Jónico. Já o Centro Sismológico Euromediterrâneo registou uma magnitude de 6,5 na mesma escala. 

O epicentro ocorreu a 10 km abaixo da superfície da Terra. Numa segunda leitura,a a magnitude subiu para 6,8 e a uma profundidade de apenas a 5 km.

O forte terramoto atingiu a zona marítima entre a ilha de Lefkada e Corfú, tendo encontrado eco em todas as ilhas ali à volta. Foi sentido também em Atenas, a 385 quilómetros de distância.

Há dois mortos confirmados, segundo as autoridades locais. A primeira vítima registada é uma mulher de 60 anos de idade, que foi esmagada pela parede de sua casa, que caiu em Ponti Vasiliki; a outra é uma mulher idosa, cujo corpo foi encontrado em sua casa,  na ilha de Lefkada. 

Pelo menos cerca de 12 pessoas recorreram ao hospital para receber tratamentos. 

Através do mapa seguinte, que o Centro Sismológico Euromediterrâneo, percebe-se a força do terramoto e onde foi sentido:
 

As autoridades locais estão a relatar estragos na rede rodoviária na costa sudoeste da ilha, mas as averiguações ainda estão em curso.

O abalo foi registado às 09:10 locais (07:10 em Lisboa). Já começam a circular nas redes sociais algumas imagens dos danos.
 

Têm sido sentidas várias réplicas.

Recorde-se que a costa grega é rota para muitos refugiados chegarem à Europa.