A Turquia está a aconselhar a população a adiar todas as viagens não urgentes para a Rússia, acentuando a tensão que tem vindo a crescer depois da Turquia ter abatido um avião militar russo esta semana.

Em comunicado o Ministério turco das Relações Exteriores sublinha que os turcos devem adiar as viagens até “que a situação seja clarificada”.

Recorde-se que esta quinta-feira o Presidente turco, Recep Erdogan, garantiu que a Rússia não vai ter um pedido de desculpas. Moscovo responde com um corte nas relações económicas com o país. 

As tensões têm aumentado entre os dois países, com cada um a acusar o outro de apoiar o Estado Islâmico. A Turquia afirma que a Rússia não está a contar toda a verdade sobre o incidente e Moscovo já garantiu, depois do ataque, que vai enviar aviões antimísseis para a Síria. 

Entretanto, o Ministro da Defesa russo afirmou, esta quinta-feira, que todos os canais de cooperação com as forças militares turcas vão ser suspensos, incluindo a linha de partilha de informações sobre os ataques aéreos russos, na Síria. De acordo com a Reuters, Sergey Shoygu disse ainda que está à espera de uma explicação razoável para o ataque, por parte da Turquia, e que o país pode esperar uma retaliação económica.