Um homem abriu fogo numa sala de cinema nos subúrbios de Nashville, no estado norte-americano do Tennessee, e acabou por ser abatido pela polícia. O atirador tinha, além da arma de fogo, um machado e gás pimenta.

Segundo um responsável dos bombeiros que estiveram no local, um dos espectadores sofreu ferimentos ligeiros provocados pelo machado.

Outras três pessoas tiveram de ser assistidas depois de ficarem intoxicadas devido ao gás pimenta.

Inicialmente, a polícia tinha afirmado que o atirador era um habitante local de 51 anos, mas depois, o porta-voz das autoridades, Steve Anderson, disse que o suspeito tinha afinal 29 anos.

Os espectadores assistiam ao filme Mad Max.