Dezenas de pessoas ficaram feridas nos confrontos entre membros da etnia «Sikh» durante a cerimónia dos 30 anos do ataque militar ao «Templo Dourado», em Amritsar, na Índia.

Pelo menos três pessoas tiveram de ser transportadas para o hospital devido a ferimentos.

Segundo a BBC, a confusão terá começado devido a uma discussão sobre quem falaria primeiro na cerimónia. A desordem levou a que, de espada em punho, os Sikhs começassem a lutar entre si no interior do templo.

As autoridades vão, agora, levar a cabo uma investigação e garantem que todos os responsáveis vão ser levados à justiça.