As chuvas torrenciais que estão a fustigar a Austrália já fizeram três mortos e deixaram milhares de pessoas sem energia elétrica.

Em Dungog, um cidadão filmou uma casa a ser arrastada pelas águas das cheias causadas pelo elevado nível de pluviosidade. Segundo o Departamento de Meteorologia, em 24 horas, o nível de pluviosidade foi de 119 milímetros, o mais elevado desde 2002 em Sydney. A área foi, entretanto, evacuada.



A cerca de 200 quilómetros a norte da cidade, três pessoas - dois homens e uma mulher - foram encontradas mortas, mas as circunstâncias exatas da morte continuam, porém, por determinar, segundo a polícia do estado de Nova Gales do Sul.  

De acordo com o site «news.co.au», as autoridades já enviaram mensagens de emergência para os residentes da região de Newcastle, a alertar para o aumento de chuva e dos caudais e o primeiro-ministro de Nova Gales do Sul pediu aos empregadores para dispensarem os trabalhadores por causa do agravamento das condições atmosféricas.