A Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em Inglês) guarda menos de 30% dos dados de todas as chamadas telefónicas feitas nos EUA, muito menos do que adiantado inicialmente, segundo relatos na imprensa.

Os congressistas norte-americanos tinham sugerido que o controverso programa de espionagem telefónica da NSA apanhava quase todas as chamadas telefónicas nos EUA, mas vários agentes garantiram ao «Washington Post» e ao «Wall Street Journal» que a agência tem tido problemas em espiar os telemóveis.

A «explosão» do número de aparelhos portáteis tem apresentado problemas logísticos e técnicos para a agência, que, segundo aqueles jornais, tem um conjunto maior de registos telefónicos obtidos dos aparelhos fixos.