A polícia australiana deteve, esta quinta-feira, um homem armado com uma faca que tentou aceder ao Parlamento em Camberra, sem que o incidente pusesse em causa a segurança nacional, indicaram as autoridades.

Os agentes identificaram o homem, com cerca de 30 anos, nas imediações do edifício e tentaram persuadi-lo a entregar a arma, no entanto, não sendo bem-sucedidos nas conversações, optaram por disparar com armas "taser" , que servem para imobilizar com descarga elétrica.

A Polícia Federal Australiana isolou o edifício, onde se encontram os gabinetes do primeiro-ministro e de vários ministros.