A tartaruga gigante «Pepe, o missionário», um símbolo das Galápagos, morreu, informou, esta sexta-feira, o diretor de Ecossistemas do Parque Nacional das ilhas equatorianas.

«Pepe», que passou muito tempo da sua vida em cativeiro, ganhou fama como um dos animais mais fotografados das Galápagos.

«Vários dos seus órgãos foram lentamente falhando», explicou Victor Carrion à agência AFP, indicando que a tartaruga, que morreu de causas naturais, também sofria de excesso de peso.