Milícias pró-russas tomaram controlo do edifício da Câmara Municipal de Donetsk, na Ucrânia, avançam as agências internacionais.

Um dia depois de as autoridades ucranianas terem lançado uma ofensiva para tentar recuperar alguns dos edifícios ocupados no Leste do país, também foram vistos separatistas a entrar na cidade de Slaviansk em cinco ou seis tanques, um dos quais levava a bandeira russa.

O jornalista do «Guardian» no local relata que, quando perguntou a um membro de milícia onde tinham conseguido os tanques, a resposta foi: «Vieram até nós.»

O primeiro-ministro ucraniano, Arseny Yatseniuk, acusou entretanto a Rússia de estar a «exportar terrorismo», armando os separatistas, e exortou o regime de Putin a parar com o processo.