A única mulher que figurava na lista das pessoas mais procuradas pela Europol foi capturada a 30 quilómetros de Barcelona.

Tania Varela Otero, de 44 anos, era alvo de três ordens de detenção distintas, por tráfico de drogas, branqueamento de capitais e associação criminosa.

O jornal La Vanguardia revela, com base em fontes próximas do caso, que a Divisão de Investigação Criminal dos Mossos d'Esquadra, a polícia catalã conseguiu localizar Tania Varela, após seguir pistas há alguns dias.

No momento da detenção, a advogada galega estava desarmada, em casa, na cidade espanhola de Vilanova i la Geltrú.

Tania Varela, que chegou a ser detida em 2006, foi condenada a sete anos de prisão, quando fugiu, sendo alvo de um mandado de captura europeu.