A explosão de uma bomba atingiu esta manhã as forças da NATO, em Cabul. As autoridades afirmaram que o ataque foi perpetrado por um bombista suicida talibã.

Segundo a AFP, as autoridades afirmam que o ataque teve lugar às 11:30 da manhã e faz parte da estratégia ofensiva talibã, que tem o seu pico, anualmente, nos meses de verão. A estratégia foi anunciada em abril, quando os talibãs afirmaram que realizariam ataques por todo o país.

Ebadullah Karimi, porta-voz da polícia de Cabul, disse à AFP que o ataque foi da autoria de um bombista suicida, que se encontrava dentro de um carro. Da explosão resultaram três feridos, dos quais não há ainda confirmação da identidade. O porta-voz da polícia afirmou apenas que se tratavam de “estrangeiros”.

As ambulâncias chegaram ao local de imediato e a polícia isolou a área, para que os feridos pudessem ser socorridos.

As forças talibãs reclamaram a autoria do ataque, no Twitter.

O ataque desta manhã surge uma semana depois de um carro com um bombista suicida ter chocado com um veículo militar da NATO, em Cabul. Da explosão resultaram dois mortos de origem afegã e 17 feridos.