O parlamento tailandês foi esta sexta_feira palco de uma briga entre os deputados do partido Kuomintang, no poder, e da oposição, que pretendia impedir a votação sobre um referendo para decidir o futuro da quarta central nuclear da ilha.

Os deputados trocaram socos e lançaram água, quando os membros do Partido Democrata Progressista (PDP) tentaram impedir que o presidente do parlamento desse início à votação sobre o referendo.

A oposição taiwanesa defende a paragem das obras de construção da quarta central nuclear da ilha, enquanto o Kuomintang alerta que isso representaria fortes perdas económicas e que afetaria os preços da energia e a competitividade da economia local, escreve a Lusa.