Uma estudante tailandesa foi denunciada por um delito de «lesa majestade», depois de liderar uma campanha contra o uniforme universitário, revelou a imprensa local.

Saran Chuchai, de 20 anos, aluna transsexual da faculdade de Arte da Universidade de Thammasat, colocou a 05 de setembro no campus da universidade vários cartazes onde se podiam ver estudantes de uniforme a manterem relações heterossexuais e homossexuais.

A diretora de um programa de televisão, Phornthipa Supatnukul, apresentou uma denúncia contra a aluna ao sentir-se molestada pelo seu comportamento, noticiou o diário «Bangkok Post».