Pelo menos dois manifestantes dos protestos deste domingo e segunda-feira em Banguecoque, Tailândia, foram feridos a tiro, revela a Reuters citando fonte de um hospital local.

«Confirmamos que recebemos dois manifestantes dos protestos de hoje [segunda-feira] que foram feridos por balas. Um sofreu um tiro no peito e o outro na perna direita», disse o diretor do hospital Surasak Lila-Udomlipi. «No total recebemos sete feridos».

Esta confirmação vai contra uma declaração do primeiro-ministro tailandês, que havia informado que não se recorreria à força para deter os manifestantes.

Pelo menos 55 pessoas tiveram de receber assistência médica devido ao lançamento de gás lacrimogénio durante os confrontos entre polícia e manifestantes, esta segunda-feira em Banguecoque, capital da Tailândia.

Os manifestantes antigovernamentais tentaram tomar de assalto alguns edifícios do governo, ao tentar retirar as barricadas de cimento colocadas pelas autoridades na Casa do Governo e à sede da Polícia Metropolitana.

Inúmeras escolas e universidades da capital foram encerradas por motivos de segurança.

Veja as imagens e leia mais Aqui.