«Pensei que estavam mortos, porque parte do aparelho estava na sala de estar». O relato é de Luz Cazares, ao «Chicago Tribune», vizinha do casal de 80 anos que viu um avião cair dentro de casa, a apenas 20 centímetros do quarto.

Segundo outra vizinha, que acolheu o casal depois de ter sido resgatado pelas autoridades, os idosos não tinham «nem um arranhão», estavam «apenas abalados e um pouco confusos».

De acordo com as autoridades, o piloto do Aero Commander 500, que morreu no local, tinha partido do aeroporto de Midway, em Chicago, quando informou a torre de controlo que tinha problema no aparelho e precisava fazer uma aterragem de emergência. A autorização foi dada, mas o avião acabou por se despenhar numa zona habitacional.

«O chão da sala de estar colapsou e caiu na cave da habitação», contou Michael Fox, um dos bombeiros que esteve no local, acrescentando que o casal teve «muita sorte». «Eles estavam no quarto mesmo ao lado da sala e a sala desapareceu por completo»

Em conversa com uma vizinha, Raymond Rolinskas, dono da casa, contou que ouviu um barulho estrondoso e levantou-se para ver o que se passava, mas não conseguiu chegar a nenhuma divisão da casa.

«Ficamos incrédulos», confessou.