Um argelino residente na Bélgica alegadamente com ligações aos ataques terroristas de 13 de novembro em Paris foi detido este sábado pelo Ministério Público de Bugia, precisamente no seu país de origem.

O suspeito está em prisão preventiva em Akbou, na província de Bugia, a 250 quilómetros a este da capital argelina, Argel, precisou um comunicado do Ministério Público local, segundo a agência noticiosa senegalesa (AFS), que é citada pela Lusa.

A procuradoria indica que o argelino é suspeito "de ter ligações aos ataques terroristas de Paris, perpetrados em novembro passado".

Em janeiro, as autoridades belgas descobriram esconderijos dos terroristas dos ataques. A polícia encontra impressões digitais e ADN dos suspeitos em três imóveis.