Três polícias ficaram feridos, nas últimas horas, em protestos na Venezuela contra a implementação de um sistema de controlo biométrico nos supermercados públicos e privados para controlar as compras recorrentes do mesmo produto e combater o contrabando.

Os polícias sofreram queimaduras na sequência de explosões provocadas por «cocktails molotov» lançados por cidadãos que colocaram várias barreiras na localidade de Las Pilas, cidade de San Cristobal, a sudoeste de Caracas.

Fontes não oficiais referiram que durante os confrontos, vários civis teriam também ficado feridos e que elementos da polícia militar invadiram um complexo residencial onde se encontravam alguns manifestantes.