Um pequeno avião norueguês, um Canadair CRJ-200, que transportava correio despenhou-se na última noite perto do lago de Akkajaure, no norte da Suécia, uma zona conhecida como os “alpes” suecos, matando os dois únicos ocupantes.

Segundo a agência Reuters, que cita fonte oficial, um F-16 norueguês já localizou os destroços do avião e as autoridades suecas estão a tentar recuperar os corpos das duas vítimas, mas o facto de se tratar de uma zona montanhosa, sem estradas e onde as temperaturas rondam os 30 graus negativos, está a dificultar o acesso.

De acordo com o diário sueco “Svenska Dagbladet”, o avião partiu do aeroporto principal de Oslo e tinha como destino a cidade de Tromso.

As causas do acidente ainda são conhecidas, mas foi já adiantado que o piloto do avião enviou um pedido de ajuda às 23:31 (22:31, em Lisboa), já em espaço aéreo sueco. O avião desapareceu do radar pouco tempo depois.

As autoridades avançam que os ocupantes eram dois homens, um cidadão francês e um espanhol, com 42 e 34 anos. Juntos tinham mais de 6.000 horas de voo.