Um homem de 40 anos, sobreviveu a um ataque de um tubarão branco na praia de Manhattan, na costa californiana, Estados Unidos, de acordo com a «Sky News».

O ataque ocorreu este domingo depois de o tubarão, com cerca de três metros de comprimento, ter conseguido escapar da rede de um pescador onde esteve preso durante meia hora. Cerca de 15 nadadores de longas distâncias estavam a treinar no local, quando um deles foi surpreendido pelo animal e atacado de forma violenta.

Steven Robles conseguiu sobreviver, tendo sido ajudado por um surfista que o transportou numa prancha até à praia. Já em terra, foi prontamente assistido pelos nadadores-salvadores antes de os paramédicos terem chegado ao local.

«Sentia o corpo todo a tremer com o tubarão, ele tentava morder-me a todo custo», declarou à «NBC4», descrevendo os momentos de pânico que viveu.

Apesar de ter ficado com graves ferimentos nas costelas, Robles disse que se sente abençoado por Deus por ter sobrevivido ao ataque. A vítima contou que só conseguiu escapar porque agarrou o tubarão pelo nariz e deu-lhe murros.

«Usei a minha mão para agarrar o nariz do tubarão e dar-lhe socos. Eu pensava que era o fim. Por um segundo, eu pensava que era o fim, estava mesmo assustado», confessou.

Um nadador-salvador da praia afirmou que este tipo de aproximação de tubarões ao local não é incomum. No entanto, o próprio animal estava sob tensão por ter estado preso a uma linha durante bastante tempo.

O animal afastou-se da costa 20 minutos depois do incidente, mas a praia foi interdita a banhos e a pescadores até terça-feira, como medida de precaução.