O militar norte-americano que, juntamente com dois amigos, dominou um alegado terrorista num comboio entre Amesterdão e Paris, em agosto passado, e terá evitado um atentado de consequências maiores, foi esfaqueado. Ficou ferido, mas o seu estado é considerado “estável”. A NBC News, que cita uma fonte da força aérea, diz que tudo aconteceu por volta da meia-noite.

Entretanto, a Força Aérea informou através de um comunicado que:

 

“Ele está vivo e em condições estáveis neste momento. Não temos qualquer informação sobre os eventos que antecederam o incidente"

Recorde-se que Spencer Stone, de 25 anos, cumpre a sua missão na base das Lajes nos Açores.