As autoridades dos Estados Unidos detiveram no ano fiscal terminado em setembro 39.970 menores desacompanhados na fronteira do México, 42% menos do que no ano anterior, informou esta sexta-feira o departamento de Alfândegas e Proteção da Fronteira.

No ano fiscal de 2014, quando foi desencadeada uma crise migratória sem precedentes na fronteira sudoeste dos Estados Unidos, foram quase o dobro (68.541) os menores sozinhos que tentaram atravessar a fronteira dos EUA com o México.

A maioria dos menores de 17 anos que tentaram atravessar a fronteira e aceder a território norte-americano em 2015 eram oriundos da América Central, numa lista liderada pela Guatemala (13.589), seguida do México (11.012), El Salvador (9.389) e Honduras (5.409).