Uma família do País de Gales arrecadou duas vitórias, na última semana: venceu uma luta contra o cancro na tiróide e ganhou a Lotaria Nacional, no valor de 61 milhões de libras (cerca de 72 milhões de euros).

De acordo com o The Mirror, Sonia Davies, de 53 anos, viajou até à Florida, nos Estados Unidos, para ser operada a um tumor maligno na tiróide, que estava já em fase avançada. Segundo a multimilionária, o cirurgião que a operou referiu que aquele foi o maior tumor que retirou: 

O médico disse-me que aquele foi o maior tumor que ele retirou em 20 anos de carreira. Parecia ser do tamanho de uma bola de arroz, mas afinal tinha as dimensões de uma bola de golf", explicou Sonia.

Tendo ultrapassado a doença com sucesso, a mulher acreditou estar numa “fase de sorte” e telefonou à filha, que estava no País de Gales, onde ambas moram, para comprar um bilhete de lotaria.

A jovem, de 23 anos, atendeu ao pedido e dirigiu-se ao quiosque para comprar seis boletins de lotaria, quando faltavam apenas 40 minutos para o sorteio fechar.

Quando verificou os números do sorteio, apercebeu-se que o “instinto” da mãe estava certo. A jovem levantou uma fortuna no valor de 72 milhões de euros.

Sonia já tinha motivos para festejar, alegando ter “enganado a morte”. No entanto, a fortuna veio a dobrar, um momento que a multimilionária descreve como “irreal”:

Senti-me cheia de sorte, parecia que havia uma luz brilhante sobre nós. Senti que enganei a morte e, depois, tornei-me multimilionária.”

Entre os internautas, a família vencedora do prémio é já considerada a ‘mais sortuda do mundo’. A verdade é que, seja ou não uma questão de sorte, a fortuna bateu duas vezes à porta desta casa.