O exército israelita anunciou esta quarta-feira que a ofensiva militar a decorrer contra o Hamas já provocou a morte a 29 soldados do país, depois de terça-feira outros dois militares terem morrido em combate.

Além dos 29 mortos, Israel fala também em militares feridos, nove dos quais com gravidade e oito ligeiros em diferentes incidentes na Faixa de Gaza.

Já os números das Nações Unidas para as perdas palestinianas superam os 600, com o registo de ainda 4.000 feridos e maioritariamente civis que acabaram como alvos dos bombardeamentos israelitas.