Um avião de pequeno porte despenhou-se, esta segunda-feira, no Lago Baical na Rússia, na sequência de uma avaria no motor. A bordo seguiam quatro pessoas que sobreviveram ao incidente sem ferimentos graves.

Os sobreviventes foram resgatados por turistas que visitavam o lago. Um dos turistas era médico e pôde, assim, prestar assistência imediata às vítimas que, depois foram transportadas para o hospital, em Irkutsk, a cerca de 300 quilómetros do local do acidente.

Havia um jovem adolescente dentro do avião, ajudei-o a recuperar os sentidos e ele ajudou-me a tirar os outros passageiros", Dmitry Sirik, capitão de um dos barcos que acorreu ao local, ao jornal Baikal-Daily.

Dado o aparato da queda, foi quase milagre que não houvesse mortos. "Duas pessoas ficaram feridas - ambos passageiros do avião. O piloto não sofreu nada. Há ainda um jovem, nascido em 2003, que ficou em choque e desenvolveu uma gaguez", explicou Vera Malanova, responsável pelo Governo local, citada pela agência RIA Novosti.

Testemunhas citadas pelo mesmo jornal disseram que o motor parou de funcionar.

O momento do acidente e o socorro foram captados em vídeo.

 

 

 

O Lago Baical é um lago no sul da Sibéria e é o maior lago de água doce da Ásia e com o maior volume de água do Mundo.