Em 2007 a Venezuela fazia parte de uma lista de «alvos permanentes» de espionagem da Agência Nacional de Segurança (NSA) dos Estados Unidos, de acordo com documentos divulgados domingo pelo diário norte-americano «New York Times».

Os documentos fazem parte de um relatório oficial, compilado pelo ex-analista da CIA, Edward Snowden e cedido àquele jornal pelo diário britânico «The Guardian».

«A Venezuela, por exemplo, foi um dos seis "alvos permanentes" na lista oficial da missão da NSA, de 2007, conjuntamente com a China, a Coreia do Norte, o Iraque, o Irão e a Rússia», explica o jornal.