A terra voltou a tremer, este domingo de manhã, no México. O sismo atingiu a magnitude 5,9 na escala de Richter e teve epicentro a 99 quilómetros de Tonala, no estado de Chiapas, indica o Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico, citado pela agência Reuters.

O país foi atingido na terça-feira por um forte terramoto de 7,1 que provocou pelo menos 307 mortos e fez colapsar dezenas de edifícios.

Um novo terramoto classificado inicialmente com magnitude 6,2 já tinha sacudido o México no sábado. O abalo fez com que a população saísse para a rua temendo desabamentos, mas, de acordo com a Proteção Civil, não houve relatos de danos na Cidade do México.

O sismo de sábado fez ainda assim três mortos. Duas mulheres morreram na Cidade do México por enfarte, após ser ativado o alerta sísmico. A outra vítima mortal foi um morador no município de Asunción Ixtaltepec, situado no Istmo de Tehuantepec, a região mais afetada por outro terramoto de magnitude 8,2, ocorrido a 7 de setembro e que provocou 98 mortos no país.