O número de vítimas mortais causadas pelo sismo de quarta-feira não para de aumentar. Esta sexta-feira de manhã, a Proteção Civil reviu o número de mortos para 267. Os novos dados foram divulgados pela presidente da Proteção Civil italiana, Immacolata Postiglione, que atualizou também o número de feridos hospitalizados, que ascende atualmente a 387.

Depois do forte abalo, Itália continua a ser sacudida por tremores de terra. Mais de 900 réplicas já foram sentidas, sendo que 57 aconteceram durante a madrugada de sexta-feira.

Filipe Caetano, repórter da TVI em Amatrice, conta no Twitter que cerca das 6:30 se registou uma forte réplica na região.

O anterior balanço oficial, facultado na noite de quinta-feira, apontava para 250 mortos, incluindo pelo menos oito estrangeiros.