Um sismo de magnitude 7,6 foi hoje registado ao largo das Ilhas Salomão, no Oceano Pacífico, mas o risco de tsunami já foi excluído para este arquipélago, Vanuatu e Papua Nova Guiné, anunciou o Instituto Americano de Geofísica (USGS).

O terremoto ocorreu a uma profundidade de cerca de 29 km e a 300 km a sudeste de Honiara, capital das Ilhas Salomão, precisou o instituto.

O USGS emitiu um alerta «verde», indicando haver pouca probabilidade de danos.

Inicialmente a Comissão Oceanográfica Intergovernamental lançou um alerta de tsunami para as Ilhas Salomão, Vanuatu e Papua-Nova Guiné ilhas, mas posteriormente cancelou-o.

A magnitude inicalmente anunciada pelas agências internacionais, nomeadamente pelo Centro de Sismologia Euro-Mediterrâneo, era de 8,2.

Na semana passada, as Ilhas Salomão foram afetadas por enchentes, que mataram 23 pessoas.

Quarenta pessoas ainda estão desaparecidas após as fortes chuvas em Honiara, transformando o rio principal da cidade numa torrente que varreu comunidades inteiras.

As Ilhas Salomão pertencem à Commonwealth e estão no chamado «Anel de Fogo do Pacífico», uma zona de forte atividade tectónica, onde ocorrem frequentemente terremotos e erupções vulcânicas.