A área metropolitana da Baía de São Francisco, EUA, poderá ser abalada por um grande terramoto “a qualquer dia”, que poderá causar um número incerto de mortos e grandes perdas económicas, indica um investigador do Serviço de Geologia dos Estados Unidos (USGS).

Depois do terramoto de magnitude 4.0, na terça-feira, Tom Brocher acredita que não demorará muito tempo até que um sismo de magnitude maior abale a baía de São Francisco.

A cidade fica junto à falha de Hayward, que costuma causar um grande terramoto a cada 140 anos. Essa estimativa já foi ultrapassada em sete anos, desde o sismo de 1868, que fez 30 mortos.
 

“Estamos atentos à falha de Hayward porque fica no coração da Baía, e quando ocorrer um terramoto vai ter um grande impacto [nesta zona]. Os últimos cinco grandes terramotos [causados] por esta falha aconteceram a cada 140 anos, e já passaram 147 desde o terramoto de 1868, por isso consideramos que pode acontecer a qualquer momento”, disse Brocher à CBS San Francisco.


O investigador está especialmente preocupado com o elevado perigo para a população, que em 1868 era inferior a 265 mil, e hoje ultrapassa os sete milhões.