O serviço de cartografia digital Street View do Google publicou novas imagens que mostram toda a costa nordeste do Japão antes e depois do maremoto de março de 2011, causado pelo acidente nuclear de Fukushima.

A catástrofe aconteceu a 11 de março de 2011 e causou mais de 18 mil mortos e desaparecidos, tendo sido classificado como o pior acidente nuclear desde Chernobil (abril de 1986). Para ajudar na recuperação da zona afetada e perpetuar a memória dos acontecimentos, a Google apresentou novas imagens digitais, a 360 graus, de 82 municípios da região. As imagens mostram, entre outras localidades, a cidade de Onaga, na prefeitura de Miyagi, onde se está a elevar o solo, a diferentes níveis, como medida contra as ondas gigantes.

Veja também como Namie se transformou numa cidade «fantasma»

Estas imagens fazem parte de um projeto criado pela Google no mesmo ano da tragédia para criar um arquivo sobre a catástrofe. O projeto denominado "Mirai e no kioku" (recordações para o futuro) foi lançado pela empresa norte-americana em maio de 2011 para permitir a partilha de fotografias das áreas afetadas antes e depois do tsunami.