A Turquia vai formar cerca de dois mil combatentes do Exército Livre Sírio no seu território, depois de ter chegado a acordo com os EUA para esta formação, noticiou esta segunda-feira o diário «Radikal», no seu sítio na internet.

Washington e Ancara estavam a negociar há algum tempo esta opção, preferida pelos turcos.

Os combatentes vão ser treinados num campo situado na província de Kirsehir, na Anatólia Central, adiantou o diário de Istambul, citando fontes do Ministério dos Negócios Estrangeiros.