A Turquia bombardeou na noite de quinta-feira zonas controladas pelos curdos no norte da província de Alepo, no norte da Síria, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

A Turquia bombardeia zonas curdas no norte de Alepo, no seu mais forte ataque contra essas áreas desde que começou a atacar as suas posições há dias”, indicou a organização não-governamental.

O diretor do OSDH, Rami Abdel Rahmane, detalhou à agência AFP que os ataques aéreos visaram o bastião curdo de Afrin e não apenas as zonas controladas recentemente pelas Forças Democráticas Sírias (FDS), uma coligação árabe-curda dominada pelas Unidades de Proteção do Povo (YPG, o braço armado do Partido da União Democrática, principal formação política dos curdos da Síria).

Apoiadas pelos raides aéreos russos, as FDS assumiram o controlo de diversas localidades que estavam nas mãos dos rebeldes no norte da província de Alepo, não muito longe da fronteira turca.

Os avanços das FDS alarmam a Turquia que as bombardeia desde sábado.