A aviação turca abateu nesta sexta-feira um drone não identificado no seu espaço aéreo, perto da fronteira com a Síria, avança a agência Reuters, citando fonte oficial do Governo.

Os caças turcos decidiram abater o aparelho não tripulado, cuja nacionalidade está por apurar, após três avisos, de acordo com as regras de combate da NATO, que não foram correspondidos.

O drone foi abatido a cerca de três quilómetros de distância da fronteira com a Síria.

A Rússia já fez saber, através da agência RIA Novosti, que cita o ministro da Defesa, que todos os aviões russos regressaram às bases em segurança e que todos os drones continuam a operar "como planeado".

No entanto, os Estados Unidos, na sequência de uma avaliação preliminar, suspeitam que o aparelho não tripulado que foi abatido tem origem russa, disse fonte militar à Reuters.

Este responsável norte-americano, que pediu anonimato, não quis, porém, adiantar mais informações.