A conquista do distrito de Hay Al Rashdeen, no oeste de Aleppo, terá ocorrido na quarta-feira, dia 17 de junho. Imagens fornecidas pelo grupo rebelde Nourddin Al-Zenki mostram uma intensa troca de fogo de armas ligeiras e pesadas, com vários edifícios a serem destruídos pelo fogo de uma peça de artilharia aparentemente improvisada.

No segundo excerto do vídeo, os rebeldes parecem tomar o controlo de instalações do  exército sírio cheias de material militar.

As forças governamentais já desmentiram a notícia da tomada da parte ocidental de Aleppo pelos rebeldes, muito embora tenham reconhecido que houve um ataque inimigo. Residentes da zona dizem que houve pesados bombardeamentos aéreos.

Já nesta semana, os insurgentes lançaram uma ofensiva geral em Aleppo, durante a qual bairros residenciais foram fortemente fustigados com fogo de artilharia e morteiro. Dezenas de civis morreram naquele que já foi qualificado como o ataque mais forte na cidade desde o início da guerra civil na Síria, em 2011.

Os rebeldes tinham estabelecido como objetivo tomar o controlo total da cidade até ao início do mês do Ramadão, que se dá precisamente a 18 de junho, mas dizem que um ataque do Estado Islâmico os forçou a atrasar a operação.