Os Estados Unidos estão satisfeitos com o facto de o cessar-fogo na Síria estar a ser "em geral" respeitado, duas semanas após a entrada em vigor, condenando ao mesmo tempo as violações da trégua pelo exército sírio.

Após duas semanas, o fim das hostilidade na Síria está a acontecer em grande medida", refere um comunicado do porta-voz do Departamento de Estado John Kirby, citado pela Lusa, a poucos dias do quinto aniversário do início do conflito sírio.

O executivo norte-americano apadrinhou com a Rússia o cessar-fogo na Síria. A trégua foi aceite pelo regime e por 100 fações da oposição entrou em vigor desde 27 de fevereiro. A guerra na Síria já fez mais de 270.000 mortos e mais de 4 milhões de refugiados.