“Quatro soldados foram mortos e 13 feridos ontem [domingo] por um raide aéreo da coligação internacional contra um acampamento (…) do exército sírio a oeste da província de Deir Ezzor, a dois quilómetros de uma localidade sob controlo do grupo extremista Estado Islâmico”, indicou o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahmane.




"A República Árabe da Síria condena energicamente esta flagrante agressão das forças da coligação liderada pelos Estados Unidos, que violam de forma evidente os objetivos da carta das Nações Unidas", refere uma declaração do chefe da diplomacia síria citado pelos media estatais.