O presidente sírio, Bashar al-Assad disse em entrevista ao jornal russo «Izvestia» que as acusações do ocidente de que usou armas químicas são um «insulto ao bom senso» e advertiu os Estados Unidos para um fracasso se atacarem o seu país.

«Os comentários feitos por políticos nos países ocidentais e outros são um insulto ao bom senso (...) É um absurdo», disse Assad na entrevista hoje publicada.

Por outro lado o líder sírio garantiu que os Estados Unidos irão fracassar se atacarem a Síria, tal como, explicou, fracassaram em todas as guerras que travaram «desde o Vietname até aos nossos dias».