A queda de um avião do exército sírio num mercado de Ariha, no noroeste da Síria, fez esta segunda-feira 27 mortos, noticia a Reuters.

Há também um número não especificado de feridos, sendo que este é um mercado muito movimentado.

A maioria das vítimas são civis que habitam a região controlada pelos rebeldes, segundo informações recolhidas pelo Observatório dos Direitos Humanos.

O Observatório acrescenta que algumas casas também ficaram destruídas.

Da parte do exército sírio não há ainda uma reação. Não são conhecidas, até ao momento, as razões que levaram à queda do aparelho, que se despenhou logo a seguir a ter deitado uma bomba numa rua movimentada do comércio, de acordo com um testemunho recolhido pela Reuters.

Nos últimos dias têm-se intensificado os combates entre as forças de Assad e os insurgentes, que englobam um braço armado da al Qaeda.

A guerra civil na Síria despoletou em 2011 e, em três anos, já provocou a morte a cerca de 220 mil pessoas e deixou feridas mais de um milhão.