“O número subiu para 96 mortos, incluindo pelo menos duas mulheres e quatro crianças”, indicou o observatório, alertando que o valor pode voltar a subir, já que há muitos feridos em estado grave.

Os bombardeamentos das forças do Presidente Bashar Al-Assad sobre um mercado em Douma provocaram 240 feridos.